Novas tecnologias na Prevenção de Riscos Laborais
IMF Business School

Entidade colaboradora de:

Universidad Nebrija ISPA I.E.S.F. LSDM Universidad Camilo
MENU

Encontre a sua formação:

Contacte-nos:

(+351) 217 960 356

Contacte-nos

+351 217 960 356

De fora de Portugal

217 960 356

A partir de Portugal

Contacte-nos por Whatsapp

+351966021958

 

Pedir Informação

MENU

>>

Novas tecnologias na Prevenção de Riscos Laborais

06/01/2022

Sabes qual é a importância das novas tecnologias na prevenção de riscos laborais?  Vivem-se novos tempos, tanto no ambiente social como no laboral. As transformações impulsionadas pelos inúmeros avanços tecnológicos contribuem positivamente para a gestão e melhoria da segurança do trabalho nas empresas.

 

Os programas e conteúdos da melhor formação em PRL já incluem informação centrada nos novos recursos tecnológicos.

 

Analisemos quais são as principais melhorias que a tecnologia promove nos atuais planos de prevenção de riscos laborais.



Índice

  1. Mais flexibilidade, menos stress
  2. Métricas e análises de prevenção
  3. A multifuncionalidade dos drones
  4. Controle remoto e as suas vantagens
  5. Máquinas de última geração
  6. EPI avançado
  7. Dispositivos móveis na deteção e na formação
  8. Plataformas digitais para qualificação global
  9. Traduções instantâneas
  10. Desvantagens das novas tecnologias em PRL

 

 

 

Mais flexibilidade, menos stress

A falta de tempo e os problemas de equilíbrio entre a vida pessoal e profissional são produzidos por muitos dos aspetos mais preocupantes do novo século: a ansiedade, a pressão e o stress. As novas tecnologias e a crescente introdução do teletrabalho vieram permitir uma forma de atuar com mais liberdade e flexibilidade.

 

Embora ainda haja menos de 10% dos portugueses que afirmam trabalhar a partir de casa parcial ou totalmente, o teletrabalho é uma opção real para qualquer pessoa, fornecendo certas soluções para conciliar e reduzir o stress.

 

 

Métricas e análises de prevenção

O big data é outro dos grandes recursos tecnológicos no combate à precarização do trabalho. As empresas podem compilar, comparar e avaliar a realidade com base em factos e totalmente objetivos. Os dados disponíveis ajudam a identificar os riscos reais e, assim, prever e evitar possíveis acidentes.



A multifuncionalidade dos drones

A supervisão é outro fator-chave para a prevenção e é uma tarefa que já pode ser automatizada. O responsável pela segurança de cada planta ou área de trabalho possui dispositivos tecnológicos que simplificam o seu trabalho. Por  consequência, a eficiência e o imediatismo são mais facilmente alcançados.

 

Os drones, por exemplo, facilitam a vigilância e o controlo, principalmente em áreas perigosas, remotas ou até inacessíveis. As câmaras de vídeo fixas e os sensores de alerta são outras alternativas igualmente práticas.

 

A intervenção imediata destaca-se como a utilização mais promissora dos drones no que diz respeito aos riscos ocupacionais. São cada vez mais os projetos que os concebem como alternativa expressa ao trabalho das ambulâncias. A sua capacidade de prestar primeiros socorros muito mais rápido, mesmo em cenários quase inatingíveis, deve ser aproveitada.



Controle remoto e as suas vantagens

Por outro lado, o equipamento de controle remoto facilita a realização de ações à distância. Através do uso da inteligência artificial, da automação e da digitalização, certas tarefas presenciais podem ser evitadas. Assim, alguns trabalhadores têm condições de segurança muito melhores.

 

Incorporar sistemas inteligentes de deteção de perigos, erros ou problemas será cada vez mais importante para evitar acidentes de trabalho.

 

 

Maquinaria de última geração

Além disso, os avanços da informática, a inteligência artificial e as novas ferramentas automatizadas são uma grande ajuda. Assumem tarefas complicadas ou perigosas, simplificam-nas, reduzindo o risco de erro humano.

 

Da mesma forma, muitos desses equipamentos são desenvolvidos especificamente para ambientes perigosos. Por outro lado, a sua utilização evita a incorrer em certas ações arriscadas.



EPI avançado

De uma forma mais indireta, mas também importante, a produção melhorada dos equipamentos de proteção individual também tem a sua influência. Graças às tecnologias mais inovadoras, aos novos processos de produção, aos materiais e aos acabamentos que vão sendo adotados. 

 

A qualidade, durabilidade e resistência dos EPI aumentam  graças a esses avanços. A impressão 3D é uma das áreas com maior incidência nesse aspeto.

 

 

Dispositivos móveis na deteção e na formação

Além disso, a proliferação e o desenvolvimento de smartphones e tablets ajudam na PRL. A receção e envio de alertas são agora imediatos.

 

Muitas das suas aplicações permitem monitorizações específicas, por exemplo, na saúde dos trabalhadores. Além disso, também é possível acompanhar as melhorias implantadas e verificar a sua adequação.

 

Por último, a formação é promovida através destes dispositivos.

 

 

Plataformas digitais para qualificação global

Uma verdade incontestável é que a formação, a sensibilização e a formação são essenciais na prevenção de acidentes de trabalho. Fornecer o conteúdo e as orientações a serem seguidas em cada situação é decisivo.

 

Agora, graças a essas plataformas online dedicadas à formação, esse conteúdo é mais visual, personalizável e atraente. Pode-se, por exemplo, compartilhar conteúdos e saber que cada destinatário pode consultá-los quando quiser. A tecnologia de nuvem veio permitir que se armazene todas as categorias de informações valiosas para a eternidade.

 

Simulações, realidade virtual, realidade aumentada e jogos de vídeo são agora recursos aliados imbatíveis para ensaiar situações e treinar trabalhadores.

 

 

Traduções instantâneas

Disponibilizar  manuais de procedimentos e instruções técnicas, o mais rápido possível,  pode ser crucial. Alguns desses documentos estão em idiomas estrangeiros.

 

Graças à tecnologia linguística, é possível traduzir o conteúdo num tempo muito curto e com pouco esforço. Isso ocorre não só com os textos, mas também com material audiovisual legendado e tutoriais disponíveis nas diferentes plataformas.

 

 

Desvantagens das novas tecnologias em PRL

Apesar disso, é necessário analisar os novos riscos ocupacionais que surgem com a incorporação desta tecnologia. O uso excessivo de ecrãs, uma postura corporal inadequada e a irritação nos olhos são alguns dos exemplos. 

 

Em conclusão, as novas tecnologias revolucionam o trabalho de prevenção de riscos laborais. Não há dúvida que é essencial investir na alta qualificação dos especialistas em PRL!

 

 

 


Pedir Informação

X

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, notícias, novidades e os seus produtos e serviços através da geração de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.

Descarregar o Programa

X

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, not�cias, novidades e os seus produtos e servi�os atrav�s da gera��o de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.

Candidaturas On-line

X
Após o processo de candidatura on-line, um assessor académico entrará em contacto para requerer os seguintes documentos:

- Documento de Identificação;
- Certificado de Habilitações;
- Curriculum Vitae;

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, not�cias, novidades e os seus produtos e servi�os atrav�s da gera��o de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.