Digitalização e externalização no mercado Pós-Covid - IMF Business School - Universidade Online
IMF Business School

Entidade colaboradora de:

Universidad Nebrija ISPA I.E.S.F. LSDM Universidad Camilo
MENU

Encontre a sua formação:

Contacte-nos:

(+351) 217 960 356

Contacte-nos

+351 217 960 356

De fora de Portugal

217 960 356

A partir de Portugal

Contacte-nos por Whatsapp

+351966021958

 

Pedir Informação

MENU

>>

Digitalização e externalização no mercado Pós-Covid | IMF Business School - Ensino Superior Online

04-02-2021



Marketing digital e outsourcing após um ano de Covid na nossa área de negócio. Volvido quase um ano desde o início da pandemia originada pela chegada aos nossos países da Covid-19, estamos agora em posição de afirmar que,  o que primeiro foi algo imprevisto, com o tempo transformou-se num estado de alarme prolongado que se repercutiu em mudanças nos hábitos de mobilidade, consumo e expectativas sociais a curto e médio prazo.

Alguns negócios não resistiram e não se adaptaram ao novo cenário. É a lei do mercado: adaptar-se às mudanças e satisfazer as necessidades do target potencial, atendendo de forma eficiente às características que este reclame.

Mas outros negócios aguentaram posições, e inclusivamente outros melhoraram a sua quota de mercado; sendo que outros tantos projetos empresariais surgiram com êxito.

A resiliência Pós-Covid tem um denominador comum e transversal: estratégias de marketing digital para favorecer um comércio e uma relação online com o cliente, e ao mesmo tempo, estabelecer alianças corporativas com outros elementos da cadeia de valor, seja sob a forma de outsourcing, ou de relações menos formais, mas que implicam igualmente uma segmentação e externalização de funções, inseridas numa dinâmica de cooperação.

Pós-graduação Marketing Digital

Acelerar dinâmicas já iniciadas

A digitalização de muitas atividades económicas já se vem produzindo desde há alguns anos a esta parte, contudo, agora verificou-se que a tecnologia não só susteve o tecido económico-produtivo, mas também o social, o sector de saúde e educativo, quando não foi possível operar por via dos canais e meios tradicionais.

A Digitalização já não é só uma questão de sobrevivência, mas é, realmente, a chave para o crescimento da nossa sociedade, nas suas mais diversas atividades.

Em Portugal, a pandemia impulsionou a utilização de internet e “captou” milhares de novos utilizadores, tendo-se registado, em 2020, um aumento de 25% face ao ano anterior.

A comunicação empresa-consumidor através de redes sociais havia já iniciado muito antes, contudo, a imposição do distanciamento social, as limitações à mobilidade, o querer evitar espaços de grande concentração de pessoas e sem garantia de free-Covid, resultou num círculo em que as economias digitalizadas impulsionam a conectividade a todos os níveis, geram sinergias e, simplesmente, adaptam-se às novas formas e hábitos de inter-relação social.

Esta transformação que foi “imposta” não significa, necessariamente, substituir totalmente a comunicação pessoal no momento de venda. Tal continua, pois, a ser crucial, embora muitas demonstrações, muitos catálogos, muitos testes, e inclusive simulações de experiências de compra, se possam (e devam) realizar online.

 

Adaptação às mudanças em mobilidade e melhorar os canais de aproximação ao produto

Os novos padrões de aproximação ao produto, a busca de informação, a comparação entre ofertas através dos canais online, são próprios dos hábitos de compra do século XXI, mas com a pandemia esta nova forma de se relacionar no (e com) o mercado tornou-se imprescindível para qualquer empresa que simplesmente queira existir, o que implica entender os novos padrões de mobilidade dos seus utilizadores-clientes-potenciais compradores, e potenciar a notoriedade que esperam que a empresa e a sua concorrência alcancem.

Não se trata já de uma questão de posicionamento estratégico, mas sim de simplesmente estar presente para existir pois, a alternativa é inevitavelmente deixar de existir enquanto oferta de mercado.

Segundo um estudo elaborado pelo Facebook em colaboração com a consultora Deloitte, muitas PME esperam que o uso das ferramentas digitais lhes permita interagir melhor com os seus clientes e, inclusive, que o mesmo seja incrementado após a Covid-19. Este mesmo estudo revela como as PME começaram a utilizar ou a aumentar o uso de plataformas digitais para interagir com os seus clientes durante os últimos meses.

 

Comunicação Digital

 

Estratégia de distribuição eficiente

No âmbito deste processo de repensar a forma como uma empresa está presente no mercado, é o momento também de externalizar aqueles processos que geram menor valor, e dos quais  outra empresa se poderá encarregar de forma mais eficiente e gerando, ao mesmo tempo, um menor impacto a nível da estrutura de custos.

Por vezes, a própria empresa externaliza processos sob a forma de uma relação de outsourcing e, em outras ocasiões, é a própria empresa a detectar que pode complementar, com maior eficiência, as necessidades de outra organização, sendo que, de uma forma ou de outra, exploram-se relações de colaboração.

 

 O fator humano dentro da empresa

Sem dúvida que o desenvolvimento tecnológico e a digitalização da empresa ajuda a ser mais competitivo no mercado e a encontrar novos segmentos, contudo, é indiscutível que melhora a definição do serviço que se quer oferecer, desde que se envolva a equipa da organização no processo de repensar o modelo de negócio, encontrar novas fórmulas e desenhar novos processos.

Um possível mecanismo seria estabelecer alguma sessão de brainstorming entre os colaboradores para, desta forma, ajudar a encontrar uma abordagem diferente daquela que temos vindo a adoptar. Por outro lado, com algumas mudanças, podemos adaptarmo-nos melhor às novas necessidades da demanda, a que se soma ainda a importância de estabelecer colaborações estratégicas com outras empresas, em que cada um contribua com o elemento em que é mais eficiente para construir e melhorar, entre todos, a cadeia de valor.

 

Formação de qualidade para adaptar-se às mudanças

Iniciámos este artigo escrevendo “marketing digital e outsourcing após um ano de Covid nos nossos negócios”, é certo que muitas coisas que fazemos não são fruto de uma vontade inicial de inovação, mas sim do facto de nos confrontarmos com mudanças no meio envolvente que nos obrigam a reagir para seguir “de portas abertas” como organização, e inclusive, às vezes, a aproveitar as mudanças para ganhar quota de mercado, explorar novos segmentos ou adquirir uma vantagem competitiva.

 

 


 

 Universidade Online

Está a pensar estudar uma Pós-Graduação online? Podemos dizer que nos encontramos numa sociedade de conhecimento, atualmente estar atualizado não só é uma necessidade, converteu-se em um dever; um profissional que é capaz de dar resposta às procuras do seu meio, é aquele que conta com a formação e a informação para construir novas soluções e oportunas, um master que realmente permita desenvolver a carreira a outro nível não só pode oferecer conhecimentos, é necessário que tenha a oportunidade de desenvolver casos práticos que “entretenham” no desenho de soluções de situações reais. 

 

 Pós-graduação em Marketing Digital - 100% Online

A área de marketing foi uma das primeiras funções a assumir a digitalização. Atualmente, ocupa em média 30% das vagas do mercado de trabalho, e a isso se deve, o facto, que como sociedade vamos passando por mudanças e uma das mais notáveis é a forma de nos relacionarmos. Por esta e muitas outras razões, o Marketing evolui para incluir os canais digitais na forma de consumir conteúdo e informação.

Todas as empresas necessitam mostrar não só os seus produtos, mas também a sua cultura. Hoje os profissionais de marketing são especialistas em desenhar o espaço de relacionamento com a marca, inclusive, antes de serem clientes.

 

 

 IMF Business School - Universidade Online


Pedir Informação

X

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, notícias, novidades e os seus produtos e serviços através da geração de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.

Descarregar o Programa

X

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, not�cias, novidades e os seus produtos e servi�os atrav�s da gera��o de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.

Candidaturas On-line

X
Após o processo de candidatura on-line, um assessor académico entrará em contacto para requerer os seguintes documentos:

- Documento de Identificação;
- Certificado de Habilitações;
- Curriculum Vitae;

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, not�cias, novidades e os seus produtos e servi�os atrav�s da gera��o de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.