Dicas para seres bem-sucedido numa entrevista de emprego | IMF Business School Blog
IMF Business School

Entidade colaboradora de:

Universidad Nebrija ISPA I.E.S.F. LSDM Universidad Camilo
MENU

Encontre a sua formação:

Contacte-nos:

(+351) 217 960 356

Contacte-nos

+351 217 960 356

De fora de Portugal

217 960 356

A partir de Portugal

Contacte-nos por Whatsapp

+351966021958

 

Pedir Informação

MENU

>>

Dicas para seres bem-sucedido numa entrevista de emprego

21-04-2021

Hoje em dia, é cada vez mais comum sentires-te nervoso ou não saberes como te preparar para uma entrevista de emprego. Por este motivo, temos algumas dicas para te tornares um “expert” e para que a tua entrevista seja um sucesso.

 

 

Preparar um currículo

 O currículo é um dos fatores essenciais, digamos que é um cartão de visita para o mercado de trabalho, destacando as competências de um candidato. Muitas empresas, no momento de recrutamento, não só escolhem CV’s que preencham os requisitos pretendidos para o perfil que procuram, mas também a criatividade e capacidade de distinção são peças-chave para conseguir maior destaque em comparação com todos os outros.

O mercado de trabalho é muito sui generis, e por isso mesmo, cada área é muito peculiar, tendo as suas particularidades. Se te candidatares a uma área mais empresarial, o teu currículo deve ser muito bem estruturado, resumindo principalmente toda a tua experiência profissional.

Por outro lado, se te candidatares a uma área mais criativa, quanto mais singular for o teu CV, maior será a probabilidade de ser selecionado para uma entrevista. É muito importante saberes com detalhe o cargo a que estás a candidatar e teres a certeza de que o teu currículo se enquadra nas pretensões da entidade que procura reforçar as suas equipas. Efetuar uma pesquisa detalhada sobre a empresa, conhecer o seu ramo de atuação, conhecendo os seus principais competidores.

 

 

Confiança é a chave

 Time to action! Recebeste a tão aguardada notificação de que foste selecionado para o próximo passo e a partir desse momento, o relógio está a contar. É a altura de iniciar toda a pesquisa que falámos anteriormente e também muito importante, começares a preparar um discurso, tentando antecipar algumas questões e estruturar as ideias.

A confiança é meio caminho andado para o sucesso, mas não deve ser excessiva, devemos saber aguardar por cada momento, respondendo às questões colocadas e nunca transparecer demasiado à vontade com a situação. Excesso de confiança poderá voltar-se contra ti.

Por norma, as pessoas que foram delegadas para te entrevistar, vão estar atentas à tua atitude, se te sentes confiante ou se por alguma razão te encontras nervoso. O teu discurso, mas também a tua linguagem corporal poderá denunciar-te. Algo que poderás fazer antes de uma entrevista é treinares em casa em frente ao espelho, tentar construir um discurso fluido, natural e coerente.

 

 

 

 

 

 

A linguagem corporal

 Como referimos no ponto anterior, a linguagem corporal é bastante notória numa entrevista de emprego. Esta pode até mesmo ditar a seleção do candidato. Todas as empresas hoje em dia querem funcionários com confiança, independentemente do cargo a que te estás a candidatar. A tua linguagem corporal vai ser um dos pontos de análise na entrevista.

Já ouviste falar de “power posing”? Esta técnica consiste em manteres uma postura confiante, de modo que o teu cérebro influencie o corpo a se comportar de uma maneira mais assertiva. Esta postura pode até mesmo ser simulada, o importante aqui é passares a mensagem de que te sentes seguro de ti próprio, dos teus conhecimentos e experiência profissional.

 

 

As primeiras impressões

 Agora que já consolidaste todas as dicas anteriores, está na altura de causares uma boa impressão. Para isso, é necessário preparares a tua entrevista com um discurso bem estruturado de modo que compreendam as ideias que queres transmitir.

Se em algum momento tiveres dúvidas relativamente a alguma das questões que te estão a ser colocadas, não tenhas receio em solicitar que repitam a questão, para que possas conferir uma resposta correta. Em algumas ocasiões, pedir que a pergunta seja repetida, permitirá ganhares algum tempo e assim articulares o teu discurso, mantendo serenidade e naturalidade. Pontos positivos a teu favor!  

 

 

Atenta ao estilo do entrevistador

No momento em que iniciamos uma entrevista, devemos ter a destreza de conseguir realizar uma análise rápida de todos os participantes e compreender quem irá dirigir a sessão. Podes encontrar uma diversidade enorme de personalidades, desde pessoas mais sisudas e que não permitem um ambiente muito descontraído ou até mesmo o oposto, colocando-te à vontade, retirando carga emocional, que fará toda a diferença no desenrolar da entrevista.

Também muito depende da entidade para a qual te estás a candidatar. Naturalmente, se compararmos um processo de recrutamento de uma sociedade de advocacia e por exemplo, uma loja de vestuário, verificamos que é completamente distinta e as competências que serão tidas em consideração serão muito contrárias. São ambientes diferentes, mas por vezes pode dar-se o caso de serem pessoas totalmente diferentes a realizar a entrevista e aí, cabe-te a ti, adaptar à personalidade de quem está a testar as tuas capacidades. Ainda que o foco principal de qualquer atividade seja sempre a satisfação do cliente!

 

 

Pesquisar informação sobre a empresa

Para teres uma noção e poderes estar preparado para qualquer tipo de perguntas, é necessário fazeres uma pesquisa sobre a empresa à qual te estás a candidatar. Durante a tua entrevista, perguntas como “O que sabe sobre a nossa empresa?” ou até mesmo “Sabe quais a funções do cargo a que se está a candidatar?”, ambas são exemplos de questões que te podem ser colocadas pelo entrevistador e aí, convém estares preparado, sabendo as informações mais recentes sobre a empresa, para que quem te está a entrevistar veja que estás a par da atualidade e que te preparaste para a entrevista. Isto demonstra que tens vontade de trabalhar com aquela empresa em específico e são pontos extra a teu favor na fase de recrutamento.

 

 

As perguntas mais comuns

 Complementando o ponto anterior, é necessário estar bem preparado para qualquer tipo de pergunta que surja. Deixamos-te alguns exemplos de questões que podem ser feitas na entrevista:

  • Qual o teu interesse em trabalhar na nossa empresa?
  • Qual a razão de querer mudar de emprego?
  • Quais os teus pontos fortes e fracos?
  • Do que mais te orgulhas?
  • Quais as tuas maiores conquistas?
  • Onde queres estar em 5 anos?

 

 

Fala sobre o teu desenvolvimento pessoal

Para além de toda a experiência que já adquiriste em empregos anteriores, é importante que refiras a experiência mais relevante e que consideres ser uma mais-valia para o cargo profissional em questão. Enaltecer que todo o trajeto profissional até ao momento foi bastante gratificante e que te ajudou a desenvolver a vários níveis, destacando a contribuição que teve para o teu desenvolvimento pessoal.

Mesmo fora de toda a fase de aprendizagem como a faculdade, estágios e pós-graduações, deves manter o desenvolvimento e mostrar que a tua carreira tem sido cheia de desafios.

O autoconhecimento é uma ferramenta que te pode auxiliar, porque sem ele é como se não tivesses ideia do potencial que tens.

 

  

A comunicação

Sem saberes comunicar será bastante difícil aplicares todos os pontos referidos anteriormente. A comunicação é muito importante para que possas estabelecer todo um diálogo ao longo da entrevista.

Convém, na eventualidade de seres uma pessoa com mais dificuldade de comunicação, praticar bastante, de forma a melhorar esta competência tão fulcral nos dias de hoje. Esta aptidão ganha-se com a experiência adquirida ao longo da vida, mas também no percurso profissional.

Claro que existem pessoas que são comunicadoras natas, tal como tens o oposto, mas para que sejas bem-sucedido, não precisas de te incluir em nenhum dos extremos. Basta que desenvolvas os alicerces principais para que consigas comunicar, sem a necessidade de saíres da tua zona de conforto e também sem prejudicares a falta de comunicação.

 

 

Faz perguntas relevantes

Agora que estamos a chegar ao final da entrevista, esta é a parte em que serás questionado  com a pergunta: “Tem alguma questão que gostasse de colocar?”. Esta é a altura ideal para expores todas as tuas dúvidas.

 

Se demonstrares interesse e conhecimento com uma pergunta bem estruturada,  pode ser crucial para te destacares na fase de recrutamento e assim, surpreenderes positivamente o entrevistador. Também realçará toda a intenção em seres contratado para a vaga à qual te candidataste .

 


Pedir Informação

X

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, notícias, novidades e os seus produtos e serviços através da geração de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.

Descarregar o Programa

X

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, not�cias, novidades e os seus produtos e servi�os atrav�s da gera��o de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.

Candidaturas On-line

X
Após o processo de candidatura on-line, um assessor académico entrará em contacto para requerer os seguintes documentos:

- Documento de Identificação;
- Certificado de Habilitações;
- Curriculum Vitae;

Aceito a Politica de Privacidade.

Aceito receber informação e ofertas comerciais por qualquer meio, incluindo comunicações eletrónicas da IMF International Business School SL sobre eventos, not�cias, novidades e os seus produtos e servi�os atrav�s da gera��o de perfis.

Aceito a comunicação de dados a entidades do grupo IMF, com os mesmos fins dos indicados anteriormente.